Mitose e Meiose – Resumo

Mitose e Meiose reprodução celular

As células se reproduzem através da duplicação de seus conteúdos e depois se dividem em dois. O ciclo de divisão é o meio fundamental pelo qual todas os seres vivos se propagam. Em espécies unicelulares, tais como bactérias e leveduras, cada divisão celular produz um novo organismo. As espécies multicelulares requerem muitas seqüências de divisões celulares para criar um novo indivíduo, a divisão celular também é necessário no corpo adulto para substituir as células perdidas por deterioração, ou morte celular programada. Assim, um ser humano adulto deve produzir muitos milhões de novas células a cada segundo, apenas para manter o estado estacionário e, se a divisão celular pára o indivíduo morre dentro de dias. Para esta divisão existem dois processo: a mitose e a meiose.

Mitose

Plantas e animais são compostas por bilhões de células individuais organizados em tecidos e órgãos que desempenham funções específicas. Todas as células de qualquer planta ou animal surgiram a partir de uma única célula inicial, o óvulo fecundado, um processo de divisão. A mitose é a divisão nuclear associado com a divisão das células somáticas – células de um organismo eucariótico, que não se tornará células sexuais. A célula divide-mitótico e forma duas células filhas idênticas, cada uma das quais contém um conjunto de cromossomas, idêntica à célula parental. Depois de cada uma das células filhas novamente se dividem, e assim o processo continua. Exceto na primeira divisão celular, todas as células crescem até cerca do tamanho do duplo inicial, antes de se dividir. Durante a mitose, há quatro fases: prófase, metafase, anafase, telofase.

Meiose

Organismos superiores que se reproduzem sexualmente, como são formadas a partir da união de duas células sexuais chamadas gametas especiais. Gametas surgem pelo processo de meiose, a divisão de células germinativas. A meiose difere da mitose em que só é transmitida a cada novo cromossoma uma célula a partir de cada um dos parceiros da célula original. Por esta razão, cada gameta contém metade do número de cromossomos que tenham o restante das células do organismo. Quando a fertilização dois gametas se unem, a célula resultante, chamado zigoto, contém todos os cromossomos em envelope duplo. Metade destes cromossomos são derivados de um pai e a outra metade do outro.

Uma vez que a meiose envolve duas divisões celulares, estes são distinguidas como meiose I e meioseII. Ambos os eventos diferem significativamente dos da mitose. Cada divisão meiótica é dividida formalmente em: prófase, metáfase, anáfase e telófase. Destas a mais complexa e mais longa é a prófase I, que tem suas próprias divisões: leptóteno, Citogenética, Paquíteno, diplóteno e diacinese.

Em suma, podemos considerar que a meiose resulta na duplicação do material genético (fase de síntese de DNA) e duas divisões celulares. Isso, inevitavelmente, resulta em um produto meiótico com apenas metade do material genético como o meiosito original.





Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *